quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Viradinha Cultural - Uma Noite no Centro Cultural São Paulo

No mês de maio, aconteceu no Centro Cultural a 1ª Viradinha Cultural. O evento, idealizado e organizado pela DACE fez parte da programação da Virada Cultural.

Sentindo falta de uma programação para crianças dentro do evento que mobiliza toda a cidade, surgiu a idéia de criar uma atividade que as famílias pudessem curtir juntas. E por que não virar a noite em um espaço pensado para a cultura? Decidimos então montar um grande acampamento na Praça das Bibliotecas!

Partindo da idéia de exploração do espaço, já trabalhada pela DACE na mediação cultural, e pensando também em oficinas que aproximassem as crianças de diferentes linguagens artísticas, as atividades, conduzidas por mediadores culturais, aconteceram em diversos espaços do CCSP.

Também foram chamados palhaços, para acampar junto com as famílias, o que deixou esta aventura ainda mais divertida!

A partir das 19 horas do dia 15 de maio, pais e filhos começaram a chegar ao Centro Cultural com suas malas, colchonetes e até barracas. Olha só tudo arrumado na Praça das Bibliotecas!


Fomos divididos em equipes, diferenciadas pelas cores de nossas camisetas. Cada equipe saiu para explorar o CCSP e realizar as oficinas em espaços como Biblioteca, Gibiteca, Discoteca, Teatro, Cinema e a exposição Cadavre Exquis.


Às 23 horas nos reunimos novamente na Praça das Bibliotecas para uma deliciosa ceia em volta da fogueira!



Meia noite foi a hora de preparar o cantinho para dormir. Esticar os colchonetes, montar barracas, e o principal: colocar os pijamas!



1 hora da manhã as luzes foram apagadas para a hora de dormir.


No dia seguinte, os palhaços acordaram todos com grande animação e tomamos café da manhã no jardim.


Apresentamos o que fizemos na noite anterior. Teve teatro, painel desenhado,  objetos animados, uma música, um livro e até um filme. Vejam só:

video

Depois de uma grande noite e uma deliciosa manhã, arrumamos as coisas e nos despedimos.


Vejam alguns depoimentos!

Eu gostei muito da Viradinha porque foi um momento de aproximação dos pais com os filhos em uma atividade cultural para conhecer o CCSP de uma forma diferente.
Flávia Giacomini – Mediadora

Gostaria de agradecer em meu nome e de minha família, momentos inesquecíveis, proporcionados pela equipe toda desta primeira Viradinha Cultural no CCSP, foram momentos de grande alegria e cultura.
Participante

Uma das cenas mais bonitas que vi na Viradinha aconteceu quando apagaram-se todas as luzes dos 3 pisos daquela área do prédio. A trupe de palhaços já havia se despedido, as camas e barracas já estavam devidamente montadas e o que aconteceu foi a organização de pequenos grupos de crianças fazendo sua própria programação para a madrugada. No escuro total, a praça das bibliotecas foi palco para várias brincadeiras de rua. Piques variados e aquela excitação gostosa de alegria e paz coletiva.
Débora Bolsoni – Diretora da DACE e organizadora do evento

Faz quase 48 horas que meu sobrinho não pára de falar em Viradinha e no Centro Cultural! Todos vocês e o CCSP ganharam mais um fã mirim!
Tio de participante

Eu gostei da Viradinha, porque eu andei de pijama na biblioteca, dormi na rampa e pintei um pano bem bonito que ficou pendurado no teto! Ah! E também teve bolo com cobertura de casquinha de chocolate!! Hum!! Que delicia!
Clowndete – Palhaça participante

Passar a noite no Centro Cultural foi uma experiência incrível, o acampamento na biblioteca, a integração dos grupos e todas as descobertas... Foi encantador.
Greta Martins - Mediadora

Inha, Inha, Inha – Viva a Viradinha! Muita gente e diversão fizeram um sucessão! Obrigado aos presentes e bora pro próximo Viradão. Agradeço ao time, que não se inibe não, e nós tudo pela contribuição!
Micolino, companheiro de Juditi e Pedro – Palhaço participante

Nós gostamos muito da viradinha, foi como um filme sabe? Brincar de noite numa biblioteca. Jamais pensamos em dormir em um centro cultural! Equipe Laranja!
Lourenço e Matheus Almeida – Participantes

O evento: Viradinha Cultural – Uma Noite no Centro Cultural São Paulo foi uma realização da Divisão de Ação Cultural e Educativa do Centro Cultural São Paulo, em parceria com a Virada Cultural e com o G.E.C.A. – Grupo de Estudos de Clowns Anônimos, com direção artística de Cida Almeida.

Postado por Caio Marinho
Fotos: Sônia Parma e Débora Bolsoni


domingo, 8 de agosto de 2010

Concerto Didático


O Concerto Didático é nosso novo programa de visitas, em que toda última quinta-feira do mês um artista ou conjunto que irá se apresentar aqui no CCSP faz um ensaio aberto para as crianças, conversando com elas sobre música, os instrumentos, o que estão apresentando, etc. Neste dia da foto o encontro foi com a Orquestra Instituto Fukuda, regida por Arthur Zanin. 

O Concerto Didático é agendado para as escolas através do telefone (11) 33974036 ou pelo email visitasccsp@prefeitura.sp.gov.br

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Visita da DACE ao educativo do Paço das Artes



No dia 22 de julho fizemos uma visita ao educativo do Paço das Artes, coordenado pelo artista e educador Claudio Cretti. Fomos super bem recebidos e havia tanto assunto para trocar que mal vimos a exposição. Apesar de serem bastante diferentes (escala, público, etc) as duas instituições tem programas similares para artistas em início de carreira, a Temporada de Projetos no Paço e o Programa de Exposições no CCSP. Nossa conversa entre educativos tratou justamente da mediação desse encontro do público com a arte contemporânea.




Ambos educativos se caracterizam por optarem pelo modo "conversa" e não "palestra". Até porque é um tipo de produção mais próxima de nós, ainda não historicizada (diferente de mediar uma exposição do Beuys, por exemplo - boa sorte pessoal!). A conversa deve partir do trabalho dos artistas e também do repertório dos visitantes, para que nesse campo comum se possa construir um diálogo crítico sobre o que está sendo mostrado. E às vezes é necessário desconstruir uma série de preconceitos (a arte contemporânea sofre de uma série deles) para iniciar esse diálogo.

O Altes Museum, museu berlinense datado de 1830 e com uma coleção formada essencialmente de peças da Antiguidade Clássica, apresenta em sua fachada um letreiro em neon bastante oportuno, nos lembrando de que "toda arte já foi contemporânea" ("all art has been contemporary").